Em vídeo emocionante, Lázaro Ramos fala sobre sentimentos. Confira!

O LIV – Laboratório Inteligência de Vida lançou neste mês, durante o 3º Congresso Socioemocional, seu primeiro vídeo manifesto, uma produção audiovisual emocionante que conta com a narração inconfundível do ator Lázaro Ramos. Conhecido tanto no Brasil quanto no exterior por sua atuação e discurso marcante, não é a primeira vez que o ator traz para o tema da inteligência emocional para o debate. Confira abaixo o manifesto e continue a ler este post para saber mais sobre a história por traz do vídeo.

História por trás do vídeo

O convite para que o ator narrasse o manifesto LIV não foi por acaso. Seus filhos, que têm aulas semanais usando os materiais do programa na escola e em casa, lhe apresentaram as histórias, os personagens e o conceito de desenvolvimento socioemocional. “Quando eu me tornei pai, eu sabia que isso [falar de sentimentos] era importante, mas não sabia qual era a maneira de realizar o diálogo com a criança sobre isso. Eu tinha conflitos que não sabia com quem conversar. […] O LIV vem e organiza isso, através de estudo, de ludicidade e de muita sensibilidade”, afirmou Lázaro em depoimento ao LIV após sua palestra no Congresso.

A aula que virou livro

A proximidade com o tema levou Lázaro a escrever sobre sentimentos e como eles se revelam nas crianças. Na publicação infanto-juvenil Sinto o que sinto: e a incrível história de Asta e Jaser, ele conta a história do personagem protagonista Dan, que discute temas importantes para crianças e adultos, como sentimentos, ancestralidade, pertencimento, diversidade cultural, aceitação e respeito às diferenças.

Publicado em maio deste ano, o livro conta com dois enredos numa mesma narrativa. Nele, podemos acompanhar Dan em um dia comum em que passa por diferentes momentos que trazem à tona sentimentos distintos e, ao fim, amarra o orgulho sentido por Dan à percepção de ancestralidade e pertencimento trazidas pela história de seus antepassados, Asta e Jaser.

 “Foi inspirado numa palestra que vi na escola dos meus filhos sobre Laboratório de Inteligência de Vida, em que nós adultos trabalhamos com nossas crianças para que elas identifiquem o que estão sentindo. Dar nomes a esses sentimentos é fundamental não apenas pros adultos, mas tb pras crianças hoje. Perceber o que a gnt tá sentindo e descrever as sensações é muito importante. Ciúme, amor, desânimo, medo e outros tantos fazem parte da vida, e identificá-los facilita muito a caminhada dos nossos pequenos e pequenas. Essa é a minha contribuição para o tema através da literatura infantil.”, escreveu o autor em seu Instagram.

*

Quer saber mais sobre o programa LIV? Acesse www.inteligenciadevida.com.br

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =