Soft skills: saiba mais sobre as habilidades do século 21 nesta publicação gratuita

Ebook criado pelo LIV – Laboratório Inteligência de Vida mostra tendências que já vêm se desenhando no mundo atual e aponta como a educação pode equipar os alunos com um senso de propósito que será essencial em seu futuro profissional e pessoal. E ainda: saiba o que são soft skills, como elas estão impactando o mercado de trabalho e como podem contribuir com a educação de crianças e jovens!

Já parou para pensar que as crianças que estão entrando na educação este ano, em 2019, serão jovens adultos no mercado de trabalho em menos de duas décadas? Você consegue imaginar como será esse cenário? Eles estarão preparados para o futuro? O que a educação está fazendo a esse respeito?

Pensando em debater questões como essa e trazer evidências recentes de como as soft skills estão se fazendo cada vez mais necessárias no cenário produtivo moderno, o LIV – Laboratório Inteligência de Vida criou o ebook “SOFT SKILLS: AS HABILIDADES DO SÉCULO 21”, uma publicação digital gratuita feita para você ler diretamente na tela do seu celular. O material traz o resultado de diversas pesquisas globais que apontam para as soft skills como imprescindíveis para quem deseja entrar ou se manter no mercado de trabalho com as mudanças abruptas da ciência e da tecnologia. Mostra também como as escolas, em vez de focar unicamente no conteúdo técnico, precisam focar em habilidades que permitam a seus alunos atuar em trabalhos que ainda não foram criados, interagir com tecnologias que ainda não foram inventadas e resolver problemas que ainda não foram antecipados.

O que são soft skills e qual sua importância

O ebook “SOFT SKILLS: AS HABILIDADES DO SÉCULO 21” começa explicando que as chamadas soft skills – também conhecidas em língua portuguesa como habilidades do século 21, competências socioemocionais, habilidades não cognitivas etc. – são um grupo de habilidades e características individuais humanas que impactam em nossa vida social e emocional. Isso significa que elas afetam nossa relação conosco e com as pessoas a nossa volta, seja em casa, na escola, no local de trabalho ou em nossas comunidades.

A publicação segue contando como esse conceito ganhou espaço nas escolas, em avaliações educacionais mundiais e nos postos de trabalho nas últimas décadas. Nesse sentido, mostra dados de pesquisas, como uma feita pela consultoria internacional McKinsey, revelando que entre 30% e 40% dos empregos exigirão do futuro habilidades socioemocionais explícitas, mas que, considerando os atuais sistemas de ensino, menos de 50% dos alunos estarão preparados para encarar esses empregos em ascensão.

A publicação segue adiante mostrando que ter consciência da importância da aprendizagem socioemocional não é o suficiente para que as escolas consigam se transformar, nem oferece os elementos importantes para a prática. “É preciso metodologia, instrumentos, formação e educação permanentes”, diz o texto. Dessa forma, mostra como programas de educação socioemocional estruturados, com recursos teóricos e práticos para professores, são necessários para que esse ensino chegue com qualidade aos alunos.

O ebook termina mostrando como as escolas podem incentivar soft skills no dia a dia e traz uma pequena lista de recomendações feita com base na teoria de Daniel Goleman, um dos nomes mais renomados da educação socioemocional e defensor do ensino de soft skills nas escolas. Para quem deseja se aprofundar, a publicação traz ainda uma lista das referências internacionais sobre o tema. Para baixar o material completo, clique aqui, preencha os dados e conclua o download. Ah, e para facilitar o dia a dia de quem tem pouco tempo para a leitura, fizemos um arquivo com formato especial para ser lido direto na tela do celular. Aproveite!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − sete =