Falando sobre sentimentos na fase do ENEM e vestibular com a ajuda de memes

Se a vida está difícil para você, imagina para um estudante à beira do ENEM ou do vestibular? Brincadeiras à parte, a fase final da vida escolar traz um maremoto de dúvidas e inseguranças que afetam as emoções tanto de quem está estudando quanto das pessoas a sua volta. Com essa fase do ano se aproximando novamente, o Laboratório Inteligência de Vida (LIV) resolveu preparar um material especial para quem está terminando o ensino médio se divertir um pouco e aguentar a turbulência de emoções dessa etapa. É um e-book que fala um pouco sobre esses sentimentos, mas usando a linguagem de memes.

O e-book é gratuito, clique aqui para baixar!

O que são memes? E por que fazer um e-book usando memes?

Se você acessa algum tipo de rede social, como WhatsApp, Instagram ou Facebook, certamente sabe o que é ou já viu um meme. Esse tipo de imagem, que pode ser estática ou em gif ou vídeo, está em todos os lugares da internet, fazendo piadas, mandando frases inspiradoras ou até contando as notícias do dia de um jeito irônico.

A origem da palavra meme data de 1976, quando o etólogo e biólogo evolutivo Richard Dawkins inventou esse termo para falar sobre processos de replicação genética e evolução cultural, mas na época isso nada tinha a ver com o compartilhamento de imagens pela internet. De acordo com o Museu do Meme, criado pela Universidade Federal Fluminense para estudar esse movimento cultural, os memes como conhecemos hoje podem ser definidos como ideias que se propagam pela sociedade (no caso, nossas redes sociais) e sustentam determinados ritos ou padrões culturais (o compartilhamento).

Esse conceito só passou a ser usado no sentido atual a partir de 2000, quando os primeiros memes começaram a se propagar ou, para usar outro termo associado, “viralizar”. Hoje, eles são considerados um fenômeno típico da internet e podem se apresentar no formato de imagens legendadas, vídeos virais ou expressões difundidas pelas mídias sociais, com as #hashtags.

Embora componham uma linguagem considerada jovem, os memes estão ganhando cada vez mais adeptos e têm se tornado uma das ferramentas de comunicação mais usadas da atualidade. A vantagem deles é que sentimentos muitas vezes conflitantes e difíceis de serem explicados ganham vida com as figurinhas, fotos e legendas criadas por nossos amigos próximos ou até por desconhecidos virtuais, mas que às vezes representam bem o que a gente está passando naquele momento.

Escolhemos usar os memes em nosso novo e-book por acreditar que é possível produzir um material de qualidade usando uma linguagem mais próxima dos jovens e, desse forma, tentar incentivá-los a falar mais sobre seus sentimentos e emoções, especialmente nessa época em que está tudo à flor da pele. Se você for professor do Ensino Médio ou conhecer algum adolescente que está terminando essa fase da vida escolar, compartilhe esse e-book! Afinal, nem toda leitura pré-vestibular precisa ser complicada, não é mesmo?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 9 =